Mercado imobiliário: venda e locação de imóveis comerciais tem nova queda

O mercado imobiliário está em um bom momento para investimentos! Quatro capitais do país (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre) registraram uma queda nos valores de venda e locação de imóveis  comerciais no mês de abril. Segundo o Índice FipeZap, a variação negativa foi de 0,24% para venda e 0,31% para locação. Já o IBGE registrou no mesmo período uma inflação de 0,22%.

+Financiamento de imóveis: como o corretor pode ajudar o comprador?

A pesquisa, feita em conjunto pela Fipe e um conhecido site de venda de imóveis, confronta os valores de conjuntos e salas voltadas para a área comercial de até 200m². Toda a consulta é divulgada por anúncios por toda a internet. Em São Paulo, o preço médio de vendas alcançou R$ 10.038 por metro quadrado. Esse foi o segundo maior valor (perdendo apenas para o Rio de Janeiro).

Agora, em vendas os metros quadrados com os preços mais salgados ficaram por conta do bairro do Paraíso (R$ 14.838), Cidade Jardim (R$ 14.782), Vila Nova Conceição (R$ 13.226), Vila Olímpia (R$ 13.161) e Pompéia (R$ 13.017). Os menores metros quadrados foram registrados nos bairros da Penha (R$ 7.383), Real Parque (R$ 6.870), Vila Prudente (R$ 6.761), Sé (R$ 5.971) e Vila Mascote (R$ 3.939).

Já na parte de locação comercial, os bairros que têm um preço mais caro por metro quadrado são o Cidade Jardim (R$ 68,73), Itaim Bibi (R$ 65,34), Jardins (R$ 60,68), Paraíso (R$ 60) e Vila Olímpia (R$ 58,67). As locações, mais em conta ficaram nas regiões do bairros Limão (R$ 32,46), Lapa (R$ 32,28), Sé (R$ 31,58), Tremembé (R$ 29,98) e República (R$ 24,68).

Concorrência no mercado imobiliário

Ainda segundo a pesquisa, os resultados descobriram que o investimento em imóveis comerciais ainda está apresentando um retorno médio inferior ao CDI (Certificado de Depósito Interbancário) desde o ano de 2014. No último ano, o retorno médio dos imóveis comerciais foi de 2,4% frente a 8,1% do CDI. Em relação sobre todas as cidades citadas, a que mais lucrou com aluguéis foi São Paulo.

3 comentários em “Mercado imobiliário: venda e locação de imóveis comerciais tem nova queda

Deixe uma resposta