Mercado imobiliário de SP tem salto em lançamentos e vendas em outubro, apontam dados do Secovi-SP

No mês de outubro, o mercado imobiliário residencial da cidade de São Paulo teve um salto considerável. Com os números mais altos do ano, o Sindicato da Habitação (Secovi-SP) através de uma pesquisa, informou que foi o melhor período de lançamentos e vendas do ano até o momento.

Os novos projetos totalizaram 4.694 unidades lançadas em outubro. Ou seja, 116% superior ao do mês de setembro e 108% acima do registrado no mesmo período do ano passado. Ao todo, durante este ano, os lançamentos somaram 18.974 unidades, 25% acima do registrado no mesmo mês de 2017.

Agora, as vendas somaram 2.815 unidades em outubro, totalizando 44,9% acima de setembro e 42,1 superior ao mesmo período do ano passado. No acumulado de 2018, outra grande surpresa veio com 20.882 imóveis vendidos, um aumento de 41,2% em comparação com o mesmo período de 2017

Mercado imobiliário de SP tem salto em lançamentos e vendas em outubro
A aumentou deixou os profissionais do mercado imobiliário muito confiantes sobre o próximo ano.

A cidade de São Paulo finalizou o mês de outubro com um estoque de 18.293 imóveis prontos par a venda. Se comparar com o mesmo período de 2017, está oferta é de 2,8 mais baixa, quando o mesmo período tinha fechado com 18.817 imóveis vendidos.

Em entrevista para o site Estado de Minas, de acordo com o economista-chefe do Secovi-SP, Celso Petrucci, o aumento nas vendas surpreendeu a todos do mercado imobiliário. “O desempenho foi expressivo para um mês em que tivemos dois turnos de eleições, o que, em tese, impactaria as visitas nos plantões de venda”.

E esse desempenho bom nas vendas teria sido ainda melhor se não fosse a falta temporária de programas sociais de moradia do Governo, como o Minha Casa, Minha Vida, que hoje é o responsável pela maior parte das vendas de imóveis no mercado imobiliário nacional.

O presidente do Secovi-SP Flavio Amary disse em entrevista ao site Estado de Minas que boa parte das explicações sobre esse aumento nas vendas tem muito a ver com as expectativas dos empresários e consumidores. “Os indicadores econômicos estão positivos”, disse.

“Os índices de confiança do consumidor e de empreendedores também vêm subindo gradativamente, algo fundamental para setores que atuam no longo prazo, como o imobiliário, afirmou.

E você? o que acha desse novo aumento nas vendas de imóveis na cidade de São Paulo? Comente aqui em baixo o que você achou!

Deixe uma resposta