Ponte abandonada é transformada em condomínio ecológico

Em muitos lugares do mundo, quando alguma coisa deixa de ser usada para o se propósito original, geralmente as autoridades mandam demolir e reaproveitam a área que antes era ocupada. Porém, hoje em dia, reaproveitar essas construções é a coisa mais certa e inteligente a se fazer, já que a única providência que terá que tomar é fazer a manutenção e adaptar a estrutura. E foi exatamente isso que aconteceu com uma ponte antiga chamada Lekbrug, na cidade de Vianem, na Holanda.

A ponte que foi construída em 1936 que tinha como finalidade unir as duas margens do rio Lek, foi reaproveitada e virou um condomínio ecológico! Isso mesmo, apartamentos sem emissões de carbono deram uma nova cara para a construção que antes era ignorada por todos.

Ponte abandonada é transformada em condomínio ecológico
A construção é um marco na história da construção, já que a estrutura toda é ecologicamente correta.

Segunda guerra

A construção está localizada na província de Utretch, ou seja, servia basicamente como um eixo de ligação entre o norte e o sul do país. O mais curioso é que a ponte sobreviveu aos horrores da segunda guerra mundial.

Foi no ano de 2004 que as autoridades proibiram o tráfego de automóveis, pois havia acabado de inaugurar uma nova ponte, mais moderna e bonita. Exatamente por esse motivo que o famoso estúdio de arquitetura Cepezed criou o projeto pensado em reaproveitar cada cantinho da ponte abandonada. Os novos planos dos arquitetos foram criar uma nova habitação e integração no espaço urbano. Os profissionais se aliaram a diversas empresas para fazer com que o projeto se concretizasse.

Ponte abandonada é transformada em condomínio ecológico

Ponte abandonada é transformada em condomínio ecológico

Agora, se você pensa que as autoridades legais dessa cidade holandesa, a empresa dona da construção e consórcio envolvido na recuperação e construção da ponte discordaram em algum aspecto do projeto, está totalmente enganado. Todos concordaram e ajudaram o projeto se tornar realidade.

A estrutura da ponte foi totalmente reaproveitada e adaptada para virar apartamentos, centro de conferências e um refeitório com espaços verdes e sem agredir o meio ambiente (dom jeitinho que um condomínio ecológico deve ser).

A construção terá emissões zero em termos de energia, embora a empresa não tenha dado detalhes se a construção terá seu próprio sistema de energia renovável ou usará a rede elétrica da cidade.

Curioso, não é? O que achou dessa ponte antiga que virou um condomínio ecológico? Comente aqui em baixo.

Deixe uma resposta